Será mesmo o último jantar sozinhos como casal?

Será mesmo o último jantar sozinhos como casal?

A M. parece que está com contrações de 20 em 20 minutos. Quer dizer, por vezes parece que está, outra vezes não. Pode ser só a menina a fazer força em sítios críticos como a bexiga, diz ela. Bem, não sabemos. Neste momento ela está ali, deitada na cama a tentar aliviar a dor, numa almofada XPTO que serve para a amamentação, mas, na verdade, apenas serviu para ajudá-la a dormir nos último dois meses de gravidez. Isto é outra conversa que terei de ter mais à frente.

Eu decidi vir escrever este post para memória futura.

Pelo sim, pelo não, decidimos ir jantar hoje às Docas para prevenir futuras surpresas. Este jantar já ninguém nos tira. Quer dizer, pelo menos a mim. A M. pode dizer que ninguém lhe tira este… meio jantar, vá. Sim, ela comeu muito pouco. Acho que ali na barriga já só há menina. Todos os outros órgãos desapareceram, ou estão mirradinhos.

Depois ainda fomos passear. Só para fazer um bocadinho mais de esforço.  Este fim-de-semana podemos não ir ao MAAT, mas já passamos por ele hoje à noite. E passeámos bem ás escurinhas. Parece que ali os senhores do passeio marítimo de Alcântara não pagaram a conta da eletricidade.

capriciosa 2
Ponte 25 abril

Follow:
Share:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *