A Bebecas já dorme sozinha

A Bebecas já dorme sozinha

Ontem dia de mais uma consulta de pediatria. A Bebecas está a desensolver de uma forma correta e recomendada. Está no percentil 50 que é o mais indicado. Só de pensar que o médico obstetra disse uma vez que, segundo as ecografias,  a bebé era pequena e tal e coisa, até me rio. A Bebecas está no percentil 50 desde que nasceu.

Mas adiante. Dizia eu que ontem foi dia de ir à pediatra. A conversa decorria normalmente até que surge a pergunta se a Bebecas  dorme mais para o lado esquerdo ou direito. Explicação. Este tema surge porque se um bebe dormir sempre para o mesmo o lado há a possibilidade da cabeça ficar ligeiramente mais achatada no lado mais sacrificado.

Então e se ela se inclinar a dormir para um lado do quarto, perguntámos nós para ainda não dizer a verdade toda.

Pediatra: “Ah, vão rodando o berço durante a noite…”

E eu como quem não quer a coisa, questionei: “Pois, mas então e nos dias em que não dormir lá?”

Parece que lancei a bomba atómica. A pediatra arregalou os olhos, e soltou rapidamente: “Ah isso não pode ser. Já vi muita coisa a acontecer. A bebé tem dormir no seu próprio espaço. Até para situações futuras, para não se tornar dependente dos pais.”.

O alarmismo com que as coisas são ditas assustam-me. Sim é verdade que os azares acontecem, mas é preciso estar mesmo sem completa noção do que se está a fazer. Mas isto sou eu a pensar…

“Ao final de quase três meses a Bebecas estava obrigada a criar a sua própria indepedência. Eu e a M. tememos o pior”

Mas pronto,  o murro no estômago foi dado. Eu que me queixei várias vezes de que não tinha espaço na cama, como podem ler aqui, não estava a achar piada à conversa. Ao final de quase três meses a Bebecas estava obrigada a criar a sua própria independência.

Eu e a M. tememos o pior. Pensávamos que iríamos passar um calvário, porque nas primeiras semanas a Bebecas sempre se recusou a dormir no Next To Me. Mas pronto. O que tem de ser, tem muita força, e nós tínhamos de nos aguentar à bomboca. Só que não foi um calvário assim tão grande. A Bebecas custou a adormecer (só para não variar), mas acabou por dormir sozinha. Ao final de quase três meses, ali estava ela a mostrar a bebé adulta que já era. Ela portou-se muito bem. A mãe, que pensava eu ir ficar inquieta, também aguentou a pressão. O facto de estar mesmo ali ao pé dela. Eu… Bem, nesta noite o inquieto fui. Tive saudades de sentir a Bebecas  ao meu lado. É a vida…

A prova de que a Bebecas já dorme sozinha

A prova de que a Bebecas já dorme sozinha


ohomemdecaxemira

Follow:
Share:

1 Comment

  1. Cinderella
    June 19, 2017 / 8:57 pm

    Por aqui só aos 10 meses é que ele começou a dormir a noite toda na cama dele. Mas se por um lado estamos cansados do co-sleeping, por​ outro habituámos a dormir de determinada forma como se ele ainda estivesse no meio da cama
    (E sim eu era defensora de não deixar os bebés dormirem no meio dos pais, escusado será dizer que tive de comer as minhas palavras….)
    No fim fazemos o que achamos melhor para a harmonia familiar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *