As primeiras fofuras do Dia do Pai

0
145

19 Março de 2018. Vivi o meu primeiro Dia do Pai à séria. No ano passado vivi o Dia do Pai preocupado com a Bebecas. Ela tinha apenas um mês, e já aí absorvia todo o meu tempo. Chorava por tudo e por nada, e não dormia. Este ano foi à grande… com a ajuda da M. (obrigado meu amor). E desculpa pai, mas este ano senti muito mais o Dia como sendo pai do que filho. É a vida…

Receber prendas do dia do Pai mesmo sabendo que não partiu da cabeça da Bebecas é uma sensação insdiscritível. Faz-me sentir especial, e realmente… pai. Ler frases “para o meu papé”, o “melhor pai de sempre”, “super pai”, faz sentir que realmente estou agora neste mundo com a missão de fazer desenvolver uma criança que possa viver feliz neste mundo.

LEAVE A REPLY